Desbravando o Uruguai

04.07.2018

Brazil Lines |

Quando alguém está pensando em mudar de país, instantaneamente pensa em algum país da Europa ou na América do Norte, em especial os Estados Unidos. Isso acontece pelo fato de que, na maioria das vezes, o motivo da mudança é a busca de uma qualidade de vida maior e sem tantos problemas sociais.

 

Mas aqui mesmo, na América do Sul, existem países que oferecem um padrão de vida mais condizente com o idealizado. E um desses países é o Uruguai.

 

O pequeno país fica localizado logo abaixo do Rio Grande do Sul e conta com, aproximadamente, 3,5 milhões de habitantes, sendo que mais da metade mora na capital Montevidéu ou nos seus arredores.

 

Sendo um dos menores países da América do Sul em extensão territorial (fica atrás apenas do Suriname) e com uma população considerada pequena, é normal que o Uruguai não enfrente tantos problemas como o Brasil.

 

Os índices de desemprego são baixos, próximos de 7%, porém não é tão fácil conseguir um bom emprego, que pague um bom salário. As maiores oportunidades atualmente estão nas áreas de engenharia e de tecnologia. A criminalidade, embora exista, também não assusta tanto. Inclusive, um estudo do Latin America Security Index apontou que o Uruguai é o terceiro país mais seguro da América Latina, ficando atrás apenas do Chile e da Costa Rica.

 

A educação também é bastante valorizada por lá, com os índices de alfabetização bem altos, na casa dos 98% da população. O acesso à educação é gratuito e cada aluno do ensino fundamental ganha um notebook, que pode ser levado para casa e que irá ajudar no acesso à internet, facilitando a realização de algumas tarefas e lições. O ensino superior também conta com opções gratuitas, com três universidades públicas, sendo que a maior é a Universidad de la Republica.

 

Esses altos índices educacionais ajudam o país a evoluir em alguns temas que ainda são considerados tabus em outros países, tais como a legalização das drogas, do aborto e dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Na questão das drogas e do aborto, por exemplo, eles estão liberados no país, porém é preciso seguir algumas regras. Em relação às drogas, a maconha é liberada, porém em quantidades pequenas e com uso particular. Um outro assunto bastante discutido no mundo é o direito de realizar eutanásia. Embora as leis do Uruguai não liberem abertamente, a justiça acaba não penalizando aqueles que ajudam as pessoas que optaram por essa saída.

 

A boa notícia para quem pensa em se mudar para o país vizinho é que, como eles também fazem parte do Mercosul, o processo é simplificado. Basta ir em na Embaixada ou em algum consulado, pagar as taxas e requerer o pedido de residência permanente. Não é preciso estar trabalhando, ou com emprego em vista, e o processo demora cerca de 30 dias.

 

E se você pensa em morar no Uruguai, se preocupe apenas em arrumar as malas. Deixe a sua mudança por nossa conta. Nossos colaboradores são extremamente eficazes e competentes e, com certeza, cuidaremos das suas coisas como se fossem nossas!

Please reload

DESTAQUES

A voltagem da rede elétrica da sua cidade de destino é 110v ou 220v?

10.05.2019

1/30
Please reload

RECENTES

Please reload

SIGA

  • Instagram ícone social
  • Facebook Long Shadow

FICAMOS  SEMPRE CONTENTES

EM CONHECER NOSSOS LEITORES E COMPARTILHAR CONHECIMENTOS E IDÉIAS 

 

ESCREVA PARA NÓS

+55 (41) 3073 0280

+55 (51) 3474 3445

© Copyright Brazil Lines. Todos os direitos reservados.