A Rússia Brasileira

20.06.2018

Brazil Lines |

Provavelmente você já escutou alguém falar que o Paraná é a Rússia brasileira. Isso acontece muito por causa de diversos acontecimentos inusitados que ocorrem no estado brasileiro e no país euro-asiático. Muitos desses casos realmente acontecem e se popularizam através da internet.

 

Mas não são apenas os acontecimentos exóticos que unem os dois locais. E, como estamos no meio da Copa do Mundo sediada pela Rússia, vamos falar um pouco da história desses russos que vieram morar no Brasil.

 

Embora distantes, geograficamente, mais de 15 mil quilômetros, o Paraná é um dos estados brasileiros que mais recebeu imigrantes de origem russa. A primeira leva deles chegou ainda no século XIX, quando Dom Pedro I destinou para imigrantes russos, poloneses e alemães, algumas faixas de terra nos estados do Paraná e Santa Catarina.

 

Já a segunda leva veio no século XX, com muitos russos fugindo de guerras, revoluções e perseguições que sofriam na Europa. Assim como os primeiros russos que chegaram no Paraná, a maioria desses também fixou residência nas cidades de Ponta Grossa, Lapa e Palmeira.

 

Ponta Grossa, aliás, é a cidade paranaense que mais preserva a origem russa, tendo uma comunidade que ainda vive as histórias, religião e cultura do país europeu: a Colônia Santa Cruz. Embora já sido mais próspera, os habitantes da colônia (aproximadamente 50 pessoas) fazem questão de falar o idioma de seus antecedentes, dessa forma, o primeiro contato das crianças é com a língua russa. Elas só aprenderão, de fato, o português quando começarem a frequentar a escola. O mesmo acontece com a religião, já que eles são católicos ortodoxos, sendo assim, muitos dos santos e das liturgias são diferentes dos católicos romanos. Eles também preservam o calendário russo, segundo o qual, o ano correto é o 7527 e não o 2018.

 

Mas, a relação entre o Paraná e a Rússia vai além da recepção de imigrantes. O estado é um dos maiores exportadores de carne bovina e de frango para o país europeu. Além disso, o Paraná está em fase de negociações para receber investimentos de empresas russas, como a Rosatom e a Irkut Corporation. A primeira é uma estatal russa de energia nuclear, que quer instalar centros de irradiação para o processamento de equipamentos médicos e produtos agrícolas. A segunda é uma empresa do ramo aeronáutico, que quer implantar no estado uma fábrica de peças e partes de aeronaves.

 

Mas não são apenas Ponta Grossa, Lapa e Palmeira que receberam russos. Londrina também tem uma comunidade significativa. Além dessas cidades paranaenses, São Paulo, Primavera do Leste (MT), Porto Alegre (RS) e Nova Iguaçu (RJ) também receberam imigrantes do país do leste europeu.

 

E se você quer morar em uma dessas cidades, se preocupe apenas em arrumar as malas. Deixe que a Brazil Lines cuida da sua mudança. Nossos colaboradores são extremamente eficazes e competentes e, com certeza, cuidaremos das suas coisas como se fossem nossas!

Please reload

DESTAQUES

A voltagem da rede elétrica da sua cidade de destino é 110v ou 220v?

10.05.2019

1/30
Please reload

RECENTES

Please reload

SIGA

  • Instagram ícone social
  • Facebook Long Shadow

FICAMOS  SEMPRE CONTENTES

EM CONHECER NOSSOS LEITORES E COMPARTILHAR CONHECIMENTOS E IDÉIAS 

 

ESCREVA PARA NÓS

+55 (41) 3073 0280

+55 (51) 3474 3445

© Copyright Brazil Lines. Todos os direitos reservados.