Desbravando a Dinamarca

30.05.2018

Brazil Lines |

Já imaginou morar em um lugar em que é frio na maior parte do ano e as taxas e impostos consomem boa parte dos seus rendimentos? E pra ficar ainda mais estranho, descobrir que este é um dos países mais felizes do mundo?

 

É difícil de imaginar um lugar desses, não é?

 

Mas saiba que ele existe. Estamos falando da Dinamarca.

 

A ONU tem uma lista, atualizada anualmente, com os países mais felizes do mundo. Este ranking leva em consideração fatores como renda, liberdade, confiança, expectativa de vida, generosidade e apoio social. E nesses quesitos, os países nórdicos são imbatíveis. No ranking deste ano, a Dinamarca perdeu o primeiro lugar, ficando na terceira posição, atrás apenas da Finlândia e da Noruega.

 

Apesar da carga tributária da Dinamarca ser bastante elevada, aproximadamente 50%, tudo é revertido para a população. Dessa forma, educação, saúde, segurança e vários outros serviços são prestados de forma gratuita e com excelência. O país é praticamente livra da corrupção, ou seja, o dinheiro realmente chega onde tem que chegar.

 

Mas essa honestidade do povo dinamarquês é vista em todos os âmbitos, não apenas na vida pública. Andando por cidades do interior do país, é comum ver bancas com legumes e vegetais apenas com uma placa indicando o preço, sem ninguém para cobrar. As pessoas passam, escolhem os seus alimentos e, da mesma forma, colocam o valor correspondente em uma caixa, que também fica sem supervisão. Essa honestidade gera confiança, em todos os setores, seja na política, nas relações entre vizinhos, na polícia.

 

Outro fator muito importante é que a Dinamarca valoriza muito as relações familiares. Se algum dinamarquês tem algum compromisso na escola do seu filho, por exemplo, é comum sair um pouco mais cedo do trabalho. Esse senso de responsabilidade com a família faz com que os dinamarqueses se foquem muito no trabalho, assim, não deixam os seus afazeres se acumular, permitindo que saiam no horário, ou até mais cedo, se precisarem. Então não seria exagero dizer que o horário de trabalho na Dinamarca é realmente para trabalhar, ou seja, nada de conversas paralelas ou minutos intermináveis na sala do cafezinho.

 

A igualdade de gênero também é bastante estimulada no país. As crianças dinamarquesas aprendem, desde cedo, a não diferenciar trabalhos de homem ou de mulher, então dividem as tarefas de casa tranquilamente. Até mesmo a licença-maternidade pode ser cumprida pelo pai na Dinamarca.

 

E, como já comentado, o frio é presença constante no país. Das quatro estações do ano, é possível dizer que três são geladas: o inverno, obviamente, o outono e boa parte da primavera. É comum ter neve até meados de abril e o clima só esquenta, um pouco, a partir do final de maio. E não espere muito calor no verão, quando a temperatura média fica na casa dos 22°.

 

Mas, se mesmo com todo esse frio, você quiser morar na Dinamarca, se preocupe apenas em arrumar as malas. Deixe a sua mudança por nossa conta. Nossos colaboradores são extremamente eficazes e competentes e, com certeza, cuidaremos das suas coisas como se fossem nossas!

Please reload

DESTAQUES

A voltagem da rede elétrica da sua cidade de destino é 110v ou 220v?

10.05.2019

1/30
Please reload

RECENTES

Please reload

SIGA

  • Instagram ícone social
  • Facebook Long Shadow

FICAMOS  SEMPRE CONTENTES

EM CONHECER NOSSOS LEITORES E COMPARTILHAR CONHECIMENTOS E IDÉIAS 

 

ESCREVA PARA NÓS

+55 (41) 3073 0280

+55 (51) 3474 3445

© Copyright Brazil Lines. Todos os direitos reservados.