Aposentadoria em Outros Países

22.11.2017

Brazil Lines |

 

Após passar vários anos trabalhando, é chegada a hora da aposentadoria. E com ela, muitas dúvidas aparecem na cabeça de quem está deixando de trabalhar. E entre todas essas dúvidas, ultimamente uma vem chamando a atenção: ficar morando no Brasil ou aproveitar e ir morar no exterior?

 

Muitos países oferecem ótimos atrativos para os aposentados, desde isenções fiscais até descontos em produtos e serviços, inclusive tratamentos médicos.

 

A revista norte-americana "International Living", publica, há 25 anos, um ranking com os países mais atrativos para os aposentados. E os cenários são variados, desde praias paradisíacas até regiões campestres. Além das já citadas isenções fiscais e dos descontos, o ranking da publicação leva em consideração fatores como clima, custo de vida e o sistema de saúde.

 

E se você pensou que os melhores destinos para morar, após a aposentadoria, estão na Europa, se enganou feio. Das 10 primeiras posições do ranking, em 2017, seis estão nas Américas Central e do Sul, com o México ocupando a primeira posição. Os outros países americanos são: Panamá (2º), Equador (3º), Costa Rica (4º), Colômbia (5º) e Nicarágua (8º).

 

Do Velho Continente, a Europa, tivemos apenas 3 países: Espanha (7º), Portugal (9º) e Malta (10º). Quem completa o "Top 10" é a Malásia, que ficou com a sexta colocação.

O México é figurinha carimbada nos rankings, estando sempre nas primeiras colocações. Além das diversas peculiaridades do país (que já foi tema de um post aqui no blog da Brazil Lines), as facilidades de obtenção de visto para aposentados é que tornam o país atrativo. O processo é menos burocrático do que o para a obtenção de visto normal, geralmente necessitando apenas que o aposentado comprove o recebimento do benefício (aposentadoria ou pensão) no Brasil.

 

Mas, para quem procura a experiência em outro continente, Portugal pode ser uma boa saída. Não bastando os vínculos históricos, o país europeu tem a facilidade do idioma e também não é tão burocrático para aprovar a residência.

 

Para conseguir se mudar para Portugal sem maiores problemas, o aposentado deve solicitar, no consulado, o visto de residência especial. Esse trâmite é feito ainda no Brasil e o solicitante tem que comprovar que recebe mais do que um salário mínimo português, que gira em torno de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais). Caso o pedido seja aprovado, o aposentado brasileiro que for morar em Portugal ainda terá direito a isenção de impostos pelo período de 10 anos, desde que se enquadre nos requisitos exigidos.

 

Enfim, se você se entusiasmou com a ideia de ir morar em outro país quando se aposentar, preocupe-se apenas em escolher o destino. Pode deixar a sua mudança por nossa conta. Nossos colaboradores são extremamente eficazes e competentes e, com certeza, cuidaremos das suas coisas como se fossem nossas!

Please reload

DESTAQUES

A voltagem da rede elétrica da sua cidade de destino é 110v ou 220v?

10.05.2019

1/30
Please reload

RECENTES

Please reload

SIGA

  • Instagram ícone social
  • Facebook Long Shadow

FICAMOS  SEMPRE CONTENTES

EM CONHECER NOSSOS LEITORES E COMPARTILHAR CONHECIMENTOS E IDÉIAS 

 

ESCREVA PARA NÓS

+55 (41) 3073 0280

+55 (51) 3474 3445

© Copyright Brazil Lines. Todos os direitos reservados.