Mudança na adolescência

12.07.2017

Brazil Lines |

 

Fazer uma mudança nunca é das tarefas mais fáceis. Existem sempre muitas coisas para fazer, tais como escolher a casa nova, conhecer os pontos de referência do local para o qual está se mudando, se adaptar ao novo emprego, escolher a escola dos filhos entre outras.

 

E, quando a mudança é com a família inteira, é normal que seja mais difícil e doloroso para alguns membros do que para outros. Os pais, geralmente, são os mentores dessa troca, por isso, dá para dizer que eles estão mais adaptados a ideia de morar em um lugar diferente. As crianças podem até sofrer em um primeiro momento, porém, como em tudo na vida, elas se adaptam mais fácil.

 

Sendo assim, o maior problema é com os adolescentes.

 

Os jovens que estão na faixa dos 12 até os 17 ou 18 anos são os que mais sofrem. Costuma ser nesse período de tempo que começam a aparecer os amores e as grandes amizades. Também é nessa época que as festas começam a se tornar mais intensas, sem a presença dos pais.

 

Se a mudança é para a mesma cidade, porém para outro bairro, estes efeitos não aparecem tanto, pois os amigos estarão por perto, bastando apenas uma carona dos pais ou uma passagem de ônibus até o antigo bairro.

 

A mudança pode ser atenuada até mesmo se for para uma cidade próxima da antiga. Dessa forma, o vínculo com os antigos amigos não se perde totalmente, pois é possível organizar algumas coisas durante o final de semana e, se os pais permitirem, chamá-los para dormir na sua casa.

 

Só que o quadro é pior se a mudança for para um pouco mais longe, em outro estado ou, até mesmo, em outro país.

 

Quando a distância for muito grande, o negócio para os adolescentes é esperar que as férias cheguem logo. Dessa forma, dá para matar um pouco da saudade dos amigos. Hoje em dia, a internet também ajuda bastante, permitindo que o contato, ainda que virtual, seja diário.

 

Mas, muitas vezes, essa saudade machuca bastante. Por isso, é essencial que os pais auxiliem muito os adolescentes, permitindo até que fiquem mais próximos, seja em conversas, planejando passeios e explorando a nova cidade com os filhos.

 

Porém, em alguns casos, se os adolescentes já estão mais velhos, próximos de fazer o vestibular, vale a pena conversar com eles e ver se, de repente, não compensa deixá-los morando com algum parente. Lógico que essa deve ser a última saída, pois o ideal é que a família sempre fique unida.

 

E depois que todos os prós e contras forem pesados e a decisão for tomada, deixe a sua mudança por nossa conta. Nossos colaboradores são extremamente eficazes e competentes e, com certeza, cuidaremos das suas coisas como se fossem nossas!

Please reload

DESTAQUES

A voltagem da rede elétrica da sua cidade de destino é 110v ou 220v?

10.05.2019

1/30
Please reload

RECENTES

Please reload

SIGA

  • Instagram ícone social
  • Facebook Long Shadow

FICAMOS  SEMPRE CONTENTES

EM CONHECER NOSSOS LEITORES E COMPARTILHAR CONHECIMENTOS E IDÉIAS 

 

ESCREVA PARA NÓS

+55 (41) 3073 0280

+55 (51) 3474 3445

© Copyright Brazil Lines. Todos os direitos reservados.