Voltando para "casa"



Quando alguém decide abraçar o desafio de viver em outro lugar, demora algum tempo para se sentir em casa. Pode ser pelas diferenças de idioma e culturais ou simplesmente porque aquele novo lugar por muito tempo será desconhecido e cada atividade simples, como uma ida ao mercado, precisa ser. Descobrir lugares na nova cidade é sempre um desafio.

O fato curioso é que depois de se dar tempo e em um processo lento, aos poucos, esse novo lugar vai se tornando a nossa casa. E quando nos damos conta passamos até a sentir saudade desse canto do mundo quando não estamos nele. Como a vida gosta de dar voltar, às vezes, depois de todo esforço para adaptação e por motivos dos mais diversos possíveis decidimos voltar para nossa “casa”. É hora de voltar para o habitat natural. As vezes essa volta pode ser considerada justamente pelas dificuldades encontradas em se adaptar fora do lugar conhecido.

Independente do que te leve a voltar você precisa considerar que a repatriação (processo de devolução voluntária de uma pessoa ao seu local de origem ou cidadania) é também uma nova adaptação. Isso porque você já não será mais a pessoa que era quando saiu deste lugar, e o lugar também já não será o mesmo. Talvez, aquelas pessoas com que você estava acostumado a dividir sua vida, já não se encaixem mais no seu dia a dia. Quem sabe, os almoços em família realizados todos finais de semana vão precisar ser mais espaçados porque agora você precisa de mais espaço para si mesmo e para sua família nuclear. E pode ser, inclusive, que aquele restaurante que você sentiu falta enquanto estava fora não tenha mais o mesmo saber. Assim é a vida, como diria nosso amigo Lulu Santos “nada do que foi será, de novo, do jeito que já foi um dia, tudo muda o tempo todo, no mundo”. A mudança é a única constante que nos enfrentaremos dia após dia.

Tempo e paciência são fundamentas no processo imigratório. Na ida ou na volta, se dê tempo para adaptar e cada vez mais você descobrirá que seu lar é dentro de você.

_________

Talitha Vergara

Psicóloga e Imigrante

Instagram: @talivergara

PARANÁ 
Rod. BR 116, 17817 (Linha Verde)

81.690-310 - Curitiba-PR
 

(41) 3073-0296 - WhatsApp

RIO GRANDE DO SUL

Rua São Leopoldo, 309

93.216-460 - Sapucaia do Sul-RS
 

(51) 3474-3445 - WhatsApp

SANTA CATARINA
(48) 3036-0428 - WhatsApp

DEMAIS REGIÕES

(41) 3073-0296 - WhatsApp