Saída Definitiva de Bens – Exportação


Muitos brasileiros acabam saindo do país de forma definitiva e podem levar seus pertences como bagagem acompanhada e bagagem desacompanhada.


A bagagem acompanhada destinada ao exterior está isenta de tributos e, em geral, não há formalidades, porém, alguns procedimentos devem ser observados quando houver proibições e restrições dos demais órgãos administrativos de controle.


Os bens adquiridos no país e levados de forma pessoal pelo brasileiro para o exterior, até o limite de US$ 2.000,00 (dois mil dólares), ou o equivalente a outra moeda, desde que acompanhado de nota fiscal, se enquadra no contexto de bagagem desacompanhada, com isenção de tributos.


No entanto, se o valor dos bens ultrapassar US$ 2.000,00 (dois mil dólares), ou não for apresentado nota fiscal do bem, a exportação ocorrerá de forma comum, devendo ser pago a tributação dos bens.


Ainda, tem uma série de itens que não são permitidos transportar, devendo o brasileiro ficar atento as regras e permissões do país de destino, para que não ocorra transtornos posteriormente.


A exportação é um procedimento que precisa ser feito por pessoas especializadas, procure sempre se informar com a Receita Federal a melhor forma de transportar seus itens.


Dúvidas não hesite em nos contatar.



____________________________

por: Greice Trevizan Rigo Schechtel

Advogada, Especialista em Direito Público

@rigoschechteladvocacia

0 comentário

PARANÁ 
Rod. BR 116, 17817 (Linha Verde)

81.690-310 - Curitiba-PR
 

(41) 3073-0296 - WhatsApp

RIO GRANDE DO SUL

Rua São Leopoldo, 309

93.216-460 - Sapucaia do Sul-RS
 

(51) 3474-3445 - WhatsApp

SANTA CATARINA
(48) 3036-0428 - WhatsApp

DEMAIS REGIÕES

(41) 3073-0296 - WhatsApp