O profissional expatriado e a arte de adaptar-se


Expatriado adaptação profissional


Quando surge um expatriado, surge a possibilidade de desenvolver uma característica vital para a sobrevivência e desenvolvimento: a adaptação. Várias vezes se fala sobre a família expatriada, que também passa por diversas adaptações neste processo, mas você já parou para pensar como fica este profissional, que recebeu, na maioria das vezes, a sonhada oportunidade de mostrar seu trabalho em um outro país? De maneira geral, eles são vistos como os “causadores” da mudança que embora planejada, percebo tanto na minha experiência pessoal como psicóloga, que facilmente deixa de ser encantada. E é nesse momento que tal profissional, passa a ser visto ou se vê como “vilã(o)”, como responsável de tantas perdas que a família ou ele(a) mesmo(a) enfrenta.

Fato é que esse passo profissional é extremamente importante e por isso que a é preciso o auto acolhimento neste processo. Junto com uma oportunidade assim existem expectativas pessoais e por parte da empresa. Para vencer tudo isso, você vai precisar aprender a se permitir sentir. E não existe faculdade ou curso que te ensinem esta arte. Muitas vezes, estes profissionais sentem a pressão de ter trazido a família para um novo contexto que muitas vezes é bastante desafiado. Mas, é preciso lembrar que todos vocês estão se adaptando. Que você também pode sentir medo (só não o deixe te paralisar) que talvez você não se sinta preparado(a) (busque estratégias para se desenvolver) , de se sentir sobrecarregado (encontre lugares/coisas para extravasar) , de não saber como agir (se dê tempo para aprender). Embora pareça que existem apenas ganhos, afinal ele/ela recebeu uma oportunidade melhor, foi reconhecido, foi promovido, também existem perdas, também é um recomeço. Abrace o seu processo. Se permita sentir e transforme seus sentimentos em estratégias para mudança/adaptação.

Um passo de cada vez (por menor que seja), na direção correta, nos aproxima do nosso destino.

_________

Talitha Vergara

Psicóloga e Imigrante

Instagram: @talivergara

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo