"Lar em Todo Lugar" com Talitha Vergara


Quando somos imigrantes, muitas vezes, a conversa da falta gira em torno de quanto sentimos saudade do nosso lar. Esse lugar que podemos realmente estar em casa, onde muitas vezes, estão nossos amigos, nossa família, nossa cultura, onde encontramos nosso “habitat natural”.

Em 4 anos de imigração, percebi que enquanto não me libertasse da tentativa de querer sentir que tinha um lar apenas em algum lugar, me frustraria constantemente. Foi quando comecei a reconsiderar o que, para mim, seria lar. Foi quando tirei o foco de ter um lar em um lugar e comecei a entender que lar mesmo sempre serão as pessoas. E que antes de qualquer coisa, meu primeiro lar, sou eu mesma.

Passei a entender que lar é onde nosso coração está, então se realmente nos conectamos a nós mesmos podemos descobrir a intensa aventura de estar no nosso lar, em todo lugar. Em alguns casos, como imigrantes, estamos sempre nos mudando, mas podemos também estar sempre em casa. É um sentimento difícil de ser vivido e ainda mais difícil de ser explicado, mas eu, particularmente, queria que mais pessoas conseguissem entender o paradoxo que é sofrer a falta e ainda assim estar bem e paz. Chorar de saudade ao mesmo tempo que o coração está grato por viver essa experiência. Querer voltar para “casa”, mas perceber que você pode ter uma casa, onde quer que esteja.

Sei que o meu coração não é uma casa, mas ele é o meu lar. E sei que minha melhor decisão é investir nas minhas relações (principalmente com os que imigram comigo) para fazer deles também um pedaço de lar.

Eu nem me atrevo a tentar tirar, com esse tipo de pensamento, o peso e o desconforto que é se sentir deslocado em diversos momentos do dia a dia. Ou a alegria que sentimos ao pisar no Brasil e ser inundado por um suspiro acompanhado de um pensamento de “estou em casa”, que pelo menos no meu caso, continua acontecendo. Mas eu, particularmente, não quero viver o meu dia a dia olhando para o que me falta, quero viver minha vida aprendendo a ter um lar em todo lugar.




Talitha Vergara

Psicóloga e Imigrante

Instagram: @talivergara


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo