E se der errado?


Existem perfis distintos para enfrentar as mudanças. Alguns são motivados por elas, a possibilidade de começar de novo em outro lugar é algo que faz o coração bater mais forte, que enche de alegria, de esperança e entusiasmo. Outros encaram a mudança como um desafio, sentem-se mais inseguros com a possibilidade de encarar o novo, mais apreensivos com o que vão encontrar, sentem mais medo. Mas talvez todos nós que nos arriscamos a sair da nossa zona de conforto, independente do perfil, em algum momento pensamos: e se der errado? E se não for como eu espero? E se eu não me adaptar? E se a família não adaptar? E se..? E se..? E se..?

Um grande inimigo do nosso desenvolvimento é a junção equivocada dessas duas palavras que tem o potencial de nos paralisar. A verdade nua e crua é: não tem como saber como as coisas serão. Talvez não seja como você espera, talvez dê errado, talvez nem você nem sua família se adaptem. E talvez não aconteça nada disso e vocês encontrem na mudança o recomeço e sentido que buscam. A única maneira de responder a todas essas perguntas é arriscar. Obviamente que um bom preparo (emocional, financeiro e cultural) ajuda muito nas chances de ter sucesso no processo imigratório e eles devem ser sempre analisados. Muitas frustrações são evitadas com conhecimento e planejamento. Mas ainda assim, com todo o preparo que você tiver, você vai ter uma resposta para essas perguntas se você se permitir viver o planejado.

A grande resposta para o questionamento do início do texto é: ainda que dê errado, você tem ferramentas suficientes para seguir adiante. Sim, mesmo que não saia como planejado, mesmo que você tenha que rever seus planos, você pode escolher seguir. Mais forte, com mais conhecimento, com mais histórias na bagagem, com mais coragem.

Dar errado é uma possibilidade em todas as coisas que fazemos na vida e um dos maiores presentes que podemos dar a nós mesmo é a possibilidade de errar. Ninguém tem desejo de errar mas se permitir não acertar sempre é, de fato, libertador. Um erro não precisa definir quem você é. Você só precisa aprender a se olhar além dele.


Talitha Vergara

Psicóloga e Imigrante

Instagram: talivergara

PARANÁ 
Rod. BR 116, 17817 (Linha Verde)

81.690-310 - Curitiba-PR
 

(41) 3073-0296 - WhatsApp

RIO GRANDE DO SUL

Rua São Leopoldo, 309

93.216-460 - Sapucaia do Sul-RS
 

(51) 3474-3445 - WhatsApp

SANTA CATARINA
(48) 3036-0428 - WhatsApp

DEMAIS REGIÕES

(41) 3073-0296 - WhatsApp