Brasileiros no Canadá - por Camila Almeida



Mudar nem sempre é uma decisão fácil, ainda mais quando se trata de uma mudança de país. Porém, acredito que toda mudança nos traz diversas oportunidades, não somente física, mas também mudanças internas nos envolvidos, digo isso, pois essa experiência nos faz alcançar novos horizontes, a nossa visão se amplia e passamos a ter uma nova perspectiva de vida.

Pensando nisso, para ajuda-los nessa decisão tão importante em suas vidas, a Brazil Lines decidiu compartilhar com vocês, histórias de brasileiros que decidiram sair do Brasil e vivenciar uma nova experiência de vida no exterior.

A entrevistada de hoje é a Camila Almeida, que decidiu sair do Brasil e se mudar para o Canadá.


1 - Brazil Lines - Qual o seu nome completo, idade e profissão?

Camila Almeida, 38 anos, Jornalista



2 - BL - Por que você se mudou para o Canadá? Qual foi o seu motivo?

Camila - Morar fora, sempre foi um sonho de adolescente, aprender uma nova cultura, lingua e desfrutar da qualidade de vida, foram pontos fortes para a decisão de imigrar.



3 - BL - Como você se sentiu no começo? Quais problemas você enfrentou?

Camila - O Novo é assustador, a imigração é mais difícil do que podemos imaginar, só chegando aqui mesmo para entender, mas sem dúvida o maior problema é a lingua.



4 - BL- Como você se virava no início?

Camila - Não sei explicar, meu marido e a tentativa de comunicação a qualquer custo rsrsr



5 - BL - E as barreiras com a língua, você já falava inglês ou aprendeu lá? O inglês aí no Canadá é muito diferente do ensinado no Brasil?

Camila - Não falava, sim totalmente diferente, oque é fluência no Brasil é básico no Canada.



6 - BL - Que tipo de visto você e sua família tem? O processo para conseguir foi difícil?

Camila - Nos viemos como Visto de Estudo Trabalho. Basicamente é. Eu apliquei como estudante e vim fazer um college e automaticamente meu marido ganhou um visto de Trabalho aberto. Hoje já estamos nos meses finais para a Residência Permanente.

7 - BL - Como foi a receptividade do povo canadense? Eles são abertos aos estrangeiros ou são mais fechados?

Camila - Sim, apesar de ser um país formado por imigrantes, o Canadense em si esta acostumado com isso, preconceito sempre tem, mas acredito que aqui menos que em outros lugares.

8 - BL - Como foi o processo pra você encontrar moradia (casa/apartamento) no Canadá?

Camila - Pra nós sempre foi tranquilo, porquê tivemos ajuda de amigos que moraram aqui, então viemos com o apartamento já alugado. Hoje 3 anos depois, compramos a casa própria, nunca tivemos problemas com isso.

9 - BL - Como é a sua rotina? Você trabalha ou estuda?

Camila - Já estudei full time. Hoje estudo línguas e trabalho meio período.

10 - BL - Como são as questões relativas à segurança, saúde e educação por aí?

Camila - Segurança não tem comparação, zero preocupação, estou em um dos países mais seguros do mundo.

Saúde - É diferente por ser 100% SUS, como vim do plano privado do Brasil, sinto falta de algumas coisas, mas meu filho nasceu aqui, e o hospital é igual um hospital de auto padrão no Brasil.

Educação - Bem, fiz um college para imigrantes, nada demais. Agora ouço falar bem do ensino Básico e Universidades.

11 - BL - O que você mais gosta, que mais te surpreendeu, ai no Canadá?

Camila - Segurança, e eu amo o verão daqui, apesar de curto e fantástico pois é quente e tem muita coisa pra fazer, a cidade proporciona muitas coisas, praias e afins, só que as temperaturas podem chegar aos 40C, é quente e o Sol se poe as 21h.

Eu amo mesmo as estações, aqui são todas muito definidas e passar por elas é fantástico.

12 - BL - Qual a sua visão da vida em geral do Canadá? É mais corrida ou mais tranquila do que no Brasil?

Camila - Infinitamente mais tranquila, é claro que pra quem chega a vida é dura, imigrar não é mole, mas depois de uns anos, vc começa a desfrutar da vida Canadense e sem comparação é muito mais tranquila

13 - BL - Como você compararia a sua vida no Brasil e no Canadá?

Camila - Costumo dizer. Não compara oque é incomparável. Não se compara um país que é menor em população que o estado de São Paulo... Não tem comparação.

14 - BL - Além dos amigos e familiares, o que você mais gosta e sente falta do Brasil?

Camila - Clima

15 - BL - Você vem com regularidade ao Brasil? Já voltou alguma vez após a mudança?

Camila - Sim, já fui pro Brasil 3 vezes e vou ao menos 1x por ano.

16 - BL - Você pretende voltar a morar no Brasil?

Camila - Não, não me vejo mais morando no Brasil, costumo dizer que não tenho mais dinheiro para morar no Brasil.. O Brasil é caro demais, acho que não conseguiria.

17 - BL - O que você diria para alguém que está pensando em ir morar no Canadá? Que dicas daria?

Camila - Prepare-se para a mudança mais difícil da sua vida, zere a expectativas de glamour, porque não tem. Aqui tem qualidade de vida e glamour zero. Aprenda as línguas o máximo que puder e imigre o mais rápido possível, quanto mais novo melhor.

Se você decidiu se mudar do Brasil assim como o nosso entrevistado, nós da Brazil Lines, teremos o prazer de ajuda-lo com a sua mudança.

Acreditamos que cada objeto da sua casa representa uma página registrada de um momento vivido, e com esse pensamento trabalhamos para oferecer nosso serviço especializado com total segurança, pois estaremos manuseando seu bem mais precioso, seja ele de valor estimado ou sentimental e assim ajudando a acrescer páginas que juntas formam a história de sua vida.

#brasileiros #entrevista #imigrante #brasileirospelomundo #morarnoexterior #mudanças

0 comentário

PARANÁ 
Rod. BR 116, 17817 (Linha Verde)

81.690-310 - Curitiba-PR
 

(41) 3073-0296 - WhatsApp

RIO GRANDE DO SUL

Rua São Leopoldo, 309

93.216-460 - Sapucaia do Sul-RS
 

(51) 3474-3445 - WhatsApp

SANTA CATARINA
(48) 3036-0428 - WhatsApp

DEMAIS REGIÕES

(41) 3073-0296 - WhatsApp