Brasileiros na Inglaterra - por Kamila Nogueira



Big Ben - Palácio de Westminster

Mudar nem sempre é uma decisão fácil, ainda mais quando se trata de uma mudança de país. Porém, acredito que toda mudança nos traz diversas oportunidades, não somente física, mas também mudanças internas nos envolvidos, digo isso, pois essa experiência nos faz alcançar novos horizontes, a nossa visão se amplia e passamos a ter uma nova perspectiva de vida.


Pensando nisso, para ajuda-los nessa decisão tão importante em suas vidas, a Brazil Lines decidiu compartilhar com vocês, histórias de brasileiros que decidiram sair do Brasil e vivenciar uma nova experiência de vida no exterior.


A entrevistada de hoje é a Kamila Nogueira, que decidiu sair do Brasil e se mudar para a Inglaterra.


1 - Brazil Lines (BL) - Qual o seu nome completo, idade e profissão?

Kamila - Kamila Alves Nogueira, 26 anos. No momento, atuo somente como esposa e mãe.


2 - BL - Por que você se mudou para Londres na Inglaterra? Qual foi o seu motivo?

Kamila - Eu e meu marido nos mudamos em busca de qualidade de vida e segurança.


3 - BL - Quanto tempo faz que você mora na Inglaterra?

Kamila - 5 anos e meio.


4 - BL - Como você se sentiu no começo? Quais problemas você enfrentou?

Kamila - Como todo início, não foi nada fácil a adaptação. Costumo dizer que nos tornamos crianças novamente. Não sabemos andar, falar, não sabemos o que comer, dependemos de alguém pra tudo.


5 - BL- Como você se virava no início?

Kamila - No início tínhamos ajuda de amigos pra ir ao mercado, ao banco, ao médico, pra pegar trem... Até a gente aprender a se virar sozinho.


6 - BL - E as barreiras com a língua, você já falava inglês ou aprendeu lá? O inglês Britânico é muito diferente do ensinado no Brasil?

Kamila - acho que a língua foi a parte mais desafiadora e difícil por um bom tempo! Não falávamos inglês, só sabíamos o básico da escola, o que é nada! Minha fluência na língua só foi possível, a partir do momento que mudei de emprego, onde só falava inglês o dia todo. Isso me forçou a pensar, ouvir e falar em inglês. E sim, o inglês britânico é muito diferente do americano, e no Brasil, a maioria das escolas de inglês ensina o americano.


7 - BL - Que tipo de visto você e sua família tem? O processo para conseguir foi difícil?

Kamila - tenho cidadania italiana, por isso posso morar na Inglaterra por ser cidadã europeia.

Difícil e trabalhoso. Dei início ao processo e a busca pelos documentos daqui. Fui a primeira pessoa na família a realizar o processo de cidadania, ou seja, foi tudo do zero e no escuro.


8 - BL - Como foi a receptividade do povo britânico? Eles são abertos aos estrangeiros ou são mais fechados?

Kamila - Acho que posso dizer que eles são abertos. A Inglaterra é um país que possui MUITOS imigrantes, e acredito que os britânicos já estejam acostumados com isso.


9- BL- Como foi o processo pra você encontrar moradia na Inglaterra?

Kamila - Quando chegamos, alugamos um quarto numa casa de família, que um amigo havia indicado. Depois de 1 ano morando em quarto, conseguimos ir pro nosso cantinho. Não é tão fácil alugar casa/flat aqui. Além de não ser barato também. É preciso providenciar vários documentos, comprovar renda, fornece contato de antigos landlords para referência, credit check, entre outras coisas. E esse processo se torna mais rigoroso se for por imobiliária.


10 - BL - Como é a sua rotina? Você trabalha ou estuda?

Kamila - No momento sou mãe. O que já é muita coisa hahahaha. Tive minha filha há 6 meses atrás, no momento sou dona de casa e mãe. Minha rotina é inteiramente dedicada a minha filha, casa e marido.


11 - BL - Como são as questões relativas à segurança, saúde e educação por aí?

Kamila - Excelentes. Essas 3 categorias são o que nos faz ter prazer em viver aqui.


12 - BL - O que você mais gosta, que mais te surpreendeu em Londres?

Kamila - A honestidade e confiança. Infelizmente, no Brasil existe sempre aquele jeitinho brasileiro pra tudo. Se você perder sua carteira na rua, dificilmente a pessoa que achou irá se esforçar pra achar o dono. Não é impossível, pois acredito que existe gente honesta e desonesta em todo lugar, porém, sejamos sinceros, na maioria das vezes isso não acontece.

Vou citar uma situação que aconteceu comigo: fui a uma loja, comprei 2 peças de roupa que no total deu £18. Acabei dando £30 pra moça do caixa. Quando estava indo embora me dei conta que a moça não me voltou troco. Olhei na nota e estava lá que meu troco devia ser £12.

Voltei até lá, falei com o gerente e ele sem checar ou perguntar pra atendente, me devolveu o troco. Já vivenciei inúmeras situações parecidas e em nenhuma delas existiu desconfiança.


13 - BL - Qual a sua visão da vida em geral na Inglaterra? É mais corrida ou mais tranquila do que no Brasil?

Kamila - Mais corrida. Não sei o que acontece, mas aqui as horas passam rápido! A gente acorda cedo e quando se dá conta já está na hora de dormir de novo. No Brasil o dia rende mais, não sei porque.

E por conta da gente trabalhar muito, viver correndo, sinto que não curtimos tanto, como se fosse no Brasil.


14 - BL - Como você compararia a sua vida no Brasil e na Inglaterra?

Kamila - Hoje vivo muito melhor, com toda certeza. Se estivesse no Brasil, infelizmente estaria vendendo o almoço, pra comprar a janta. Aqui a gente não precisa ficar quebrando a cabeça pra saber se no final do mês teremos dinheiro pra pagar as contas. Não existe nada parcelado, é tudo a vista e os juros são baixíssimos! É tudo muito acessível. Especialmente quando se tem filhos. O custo de vida com uma criança aqui, no nosso caso, praticamente continua o mesmo. Não pesou, não estamos apertados, porque felizmente as coisas possuem um preço justo.


15 - BL - Além dos amigos e familiares, o que você mais gosta e sente falta do Brasil?

Kamila - A comida! A nossa culinária é a melhor do mundo!


16 - BL - Você vem com regularidade ao Brasil? Já voltou alguma vez após a mudança?

Kamila - Já voltamos 1 vez apenas. Gostaria de ir mais vezes, mas infelizmente a passagem e o custo de uma viagem ao Brasil é absurdamente caro. Compensa mais viajar pra outros países e conhecer lugares novos por muito menos.


17 - BL - Você pretende voltar a morar no Brasil?

Kamila - No momento não. E só volto se Deus mandar voltar. Hahaha


18 - BL - O que você diria para alguém que está pensando em ir morar na Inglaterra? Que dicas daria?

Kamila - Não venha se for pra ficar ilegal;

Aprenda inglês (ao menos o básico);

Não venha achando que vai enriquecer;

Não venha achando que será tudo muito fácil e lindo;

Planeje muito e coloque na balança os prós e contras.


Se você decidiu se mudar do Brasil assim como o nosso entrevistado, nós da Brazil Lines, teremos o prazer de ajuda-lo com a sua mudança.


Acreditamos que cada objeto da sua casa representa uma página registrada de um momento vivido, e com esse pensamento trabalhamos para oferecer nosso serviço especializado com total segurança, pois estaremos manuseando seu bem mais precioso, seja ele de valor estimado ou sentimental e assim ajudando a acrescer páginas que juntas formam a história de sua vida.


#brasileiros #entrevista #imigrante #brasileirospelomundo #morarnoexterior #mudanças

PARANÁ 
Rod. BR 116, 17817 (Linha Verde)

81.690-310 - Curitiba-PR
 

(41) 3073-0296 - WhatsApp

RIO GRANDE DO SUL

Rua São Leopoldo, 309

93.216-460 - Sapucaia do Sul-RS
 

(51) 3474-3445 - WhatsApp

SANTA CATARINA
(48) 3036-0428 - WhatsApp

DEMAIS REGIÕES

(41) 3073-0296 - WhatsApp