Buscar

Desbravando a Colômbia


Sabe aquela imagem que muita gente ainda tem da Colômbia, dominada pelo tráfico e perigosa? Acredite, isso mudou bastante.

Após a época dos cartéis ver o seu fim, os governos do país investiram muito para melhorar a vida dos habitantes e limpar a má impressão que os traficantes haviam passado para o mundo inteiro. E isso pode ser percebido no slogan de uma das campanhas feitas, onde se diz que ao ir pra Colômbia, o maior risco é o de querer ficar.

E a propaganda tem seu fundo de verdade, pois o país tem dado mostras de crescimento e desenvolvimento nas mais diversas áreas. Sendo a 4ª maior economia da América Latina e vendo o seu PIB (Produto Interno Bruto) crescer 1,5% em 2017, a Colômbia é a maior fonte de esmeraldas do mundo. Além disso, as principais fontes de renda do país são as exportações de petróleo, café e carvão e a exploração do turismo, conforme já falado.

E se você está pensando em morar lá, saiba que não foi apenas a extinção dos cartéis e dos poderosos narcotraficantes que puxaram a economia colombiana pra cima, mas também a paz selada com as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), o que permitiu que melhorassem a infraestrutura em locais de difícil acesso, que antes eram comandadas pela guerrilha.

Um outro ponto positivo é que não é tão difícil de conseguir visto para a Colômbia, se levarmos em conta os trâmites e a burocracia de outros países. Em primeiro lugar, os cidadãos brasileiros podem passar até 180 dias na Colômbia sem precisar de visto, sendo considerado turista. Se for ficar mais tempo, dá para pedir um visto temporário ou de residente. E este visto de residente tem uma característica especial para quem é de um país que faz parte do Mercosul, o que é o caso do Brasil. Se for nacional de um destes países e quiser morar na Colômbia, é possível pedir a autorização de residência, que permite ficar no país até dois anos, mesmo que não tenha um emprego fixo.

Um dos pontos negativos da Colômbia é a falta de um sistema público de saúde. Lá os atendimentos médicos são vinculados aos planos de saúde, chamados de EPS. O valor das mensalidades varia de acordo com os serviços ofertados e não garante totalmente o atendimento, pois praticamente todo mundo é filiado a algum desses planos. E é lógico que algumas pessoas não conseguem pagar nenhuma espécie de plano, por isso o governo colombiano tem um plano de subsídio para os mais carentes.

Mas, apesar disso, os colombianos são muito simpáticos e animados e costumam receber bem qualquer um que resolva ir morar lá. Apesar do idioma ser o espanhol, os brasileiros não tem muitos problemas de adaptação, pois as línguas portuguesa e espanhola tem alguma similaridade. O clima é agradável e a gastronomia é simples, porém saborosa.

Então, caso você queira morar na Colômbia, se preocupe apenas em arrumar as malas. Deixe a sua mudança por nossa conta. Nossos colaboradores são extremamente eficazes e competentes e, com certeza, cuidaremos das suas coisas como se fossem nossas!

#mudançascomerciais #mudançasresidenciais #mudançainternacional #mudançasinternacionais #empresasdemudanças

0 visualização

PR (41) 3073 0296

SC (48) 3036-0428

RS (51) 3474 3445

© Copyright Brazil Lines. Todos os direitos reservados.